Blog Pointer Revestimentos Cerâmicos
Main Navigation
Search Button
Site Pointer
Close Menu
revestimento ideal para sua cozinha

8 dicas para escolher o revestimento ideal para sua cozinha

Tendências de Decoração
Autor: Pointer - Data:

A fase dos acabamentos é, para muitas pessoas, a melhor parte da obra. Afinal, é nessa etapa que nossas preferências vêm à tona para deixar cada espaço da casa do jeitinho que queremos! E é nesse momento que surgem as dúvidas sobre o revestimento para cozinha.

Antes de tudo, os revestimentos escolhidos precisam ser resistentes e funcionais. Entretanto, a estética e o design do ambiente também devem ser levados em conta na hora do acabamento — até porque uma cozinha bem decorada é um verdadeiro convite à mesa, não é mesmo?

Pensando nisso, elaboramos sete dicas que ajudarão você a escolher o revestimento ideal para sua cozinha.

1. Por que a cozinha precisa de revestimento

revestimento ideal para sua cozinha

Cozinha com bastante iluminação natural, com piso revestido de Pietra Di Basalto e parede decorada com revestimento Tom Bordado Cobre, da linha Decora Design

Como sabemos, a cozinha é um ambiente molhado, em que a água entra em contato direto com as superfícies. Sem falar nos resquícios de gordura ou alimentos após o preparo das refeições.

Por isso é preciso revestir com materiais impermeáveis, pouco porosos e resistentes. Quanto mais superfícies revestidas, mais protegida estará a cozinha: piso, paredes, bancadas e mesas.

2. Dê preferência aos revestimentos cerâmicos

As opções de revestimento para cozinha são muitas: desde os clássicos azulejos em cerâmica ou porcelanato, passando pelas pastilhas de vidro, até materiais como madeira, pedra ou cimento queimado.

Entre os arquitetos, é unanimidade a recomendação técnica das cerâmicas para revestir essa área da casa, podendo ser colocadas em toda a extensão da cozinha ou apenas nas áreas mais críticas, como atrás do fogão e da bancada da pia.

Assim, você não precisará se preocupar com respingos de gordura ou água, já que a facilidade de limpeza é um dos pontos fortes das cerâmicas. A seguir, listamos as grandes vantagens desse material.

Durabilidade

Desde que você compre uma cerâmica de boa qualidade e conte com mão de obra especializada na instalação, a vida útil do revestimento será muito longa. Para você ter uma ideia, os revestimentos cerâmicos chegam a durar de 25 a 50 anos nos pisos e mais de 50 anos nas paredes — tudo isso sem rachar, desbotar ou manchar.

Funcionalidade

Quando o assunto é cozinha, não tem jeito: a funcionalidade deve vir em primeiro lugar. Novamente, as cerâmicas saem na frente, pois são extremamente fáceis de limpar e de manter, já que não têm frestas para acumular poeira, bactérias e demais detritos.

Sustentabilidade

Eis outro ponto forte das cerâmicas: são ecologicamente sustentáveis. A cerâmica é um material natural e sua fabricação se dá por meio da extração da argila, seguida do processamento fabril de alta tecnologia. Enquanto as jazidas de mármore, por exemplo, ficam completamente devastadas após a extração, as de argila podem ser recuperadas e reflorestadas, o que garante o caráter sustentável dos revestimentos cerâmicos.

Variedade de modelos

A cerâmica se destaca no mercado pela sua ampla variedade de modelos. São diferentes cores, estampas e, até mesmo, peças que reproduzem outros materiais, como a madeira ou pedras. Um exemplo excelente dessa variedade está em dois produtos: o Parque Lage, da linha Pedras Brasileiras, e a Tijuca Mix, da linha Tropicalia.

A primeira é inspirada no quartzito usado no palacete do Parque Lage, no Rio de Janeiro. Já a segunda reproduz uma madeira de bom tom, que pode até mesmo ser utilizada em uma cozinha diferente e inovadora.

São apenas dois exemplos para dizer que cerâmica não precisa ser branca e lisa – pode assumir com perfeição texturas de pedra e madeira, além de muitas outras opções.

Facilidade na instalação

A cerâmica tem um dos processos de assentamento mais simples e fáceis dentre os diferentes tipos de revestimentos disponíveis no mercado. O material não exige preparação anterior, não precisa ser molhado ou algo do tipo. Além disso, caso a medida do espaço exija que as peças sejam cortadas, isso é simples de fazer e não representa um problema que atrase a obra.

Apesar de tanta facilidade, o ideal é contratar um profissional especializado para assentar as cerâmicas na sua cozinha. Isso garantirá que as peças fiquem bem finalizadas e que você não terá problemas causados por algum erro de aplicação.

Preço acessível

O preço dos materiais de construção usados em uma obra ou reforma é muito importante. Nesse sentido, a cerâmica se destaca no mercado pelo seu excelente custo-benefício. Se bem assentada e conservada, um piso de cerâmica pode durar muitas décadas dentro de uma cozinha.

Considerando sua boa qualidade e durabilidade, além de um preço muito acessível e mais em conta do que outros materiais, esse revestimento é a primeira opção de quem valoriza cada real investido na reforma.

Isolamento térmico

Você sabia que a cerâmica é um tipo de piso frio? Esse material se destaca pela excelente condução térmica. Na prática, isso significa que o revestimento não prende o calor do Sol ou de outras fontes (como um forno do fogão) na superfície da sua peça.

Portanto, o contato com a peça será sempre frio, já que a cerâmica conduz o calor que recebe para fora da sua superfície. Isso é excelente para quem mora em lugares quentes, como o Brasil — especialmente durante o verão, pois ajuda a aliviar um pouco a alta temperatura.

3. Considere o tamanho da cozinha

revestimento ideal para sua cozinha

Cozinha com decoração clean, piso revestido de Clássico Branco e móveis de madeira. A graça do ambiente fica por conta da parede revestida de Patchwork Nude

As dimensões da cozinha causam um impacto direto na escolha do material para revesti-la, principalmente na questão do orçamento. Em uma cozinha pequena, talvez seja possível escolher um revestimento de metro quadrado mais elevado, pois será utilizado menos material. Já uma cozinha grande vai exigir muito revestimento, então é melhor escolher uma opção mais econômica.

De qualquer forma, vale rebater o mito de que cozinhas pequenas pedem por revestimentos pequenos e vice-versa. Sim, cozinhas grandes ficam maravilhosas com revestimentos de grandes dimensões. Porém, cozinhas pequenas também. Imagine, por exemplo, uma cozinha de 2,40m x 1,60m. Com área total de 3,84m², esse ambiente poderia ser revestido com apenas 6 peças de um Supercerâmico 80cm x 80cm. O resultado em cozinhas de todos os tamanhos é mais uniforme, trazendo amplitude.

Só opte por revestimentos menores se desejar um efeito mais fragmentado, como pastilhas e azulejos de metrô.

4. Combine os revestimentos da parede e do piso

revestimento ideal para sua cozinha

Cozinha com a parede revestida com Bárbara, da linha Decora Design, muito decorativa

Não necessariamente eles precisam ser iguais, até para não correr o risco de deixar o ambiente monótono. Mas, sem dúvidas, os revestimentos escolhidos para o piso e para a parede devem dialogar entre si, criando uma atmosfera harmoniosa para a sua cozinha.

Lembre-se de que não basta se preocupar apenas com a funcionalidade do ambiente, pois a estética também é essencial para que sua cozinha seja um local aconchegante, confortável e esteja em harmonia com o estilo de decoração predominante em toda a casa.

Se a escolha for cerâmica tanto para o piso quanto para as paredes, a Pointer possui linhas que já oferecem pares perfeitos. Os pisos são sempre mais neutros e resistentes, enquanto as paredes são mais decorativas. Por exemplo, dentro da linha Urbana há reprodução de concreto, mosaico e ladrilho hidráulico, todos coordenados. Já a linha Pedras Brasileiras conta com a reprodução de pedra Assis, excelente para o piso da cozinha, e a cerâmica 3D Assis Relevo, para levar profundidade à parede.

Mas se você desejar ousar mais, combinando cerâmicas de linhas diferentes, disponibilizamos um simulador de ambientes para testar, digitalmente, inúmeras opções.

5. Solte a criatividade na escolha das cores, texturas e padrões

revestimento ideal para sua cozinha

Cozinha com parede revestida com Artesanal, da linha Cimento

Sobretudo se você escolher o revestimento cerâmico para sua cozinha, a versatilidade desse material vai facilitar (e muito) as combinações. A Pointer investe em design para oferecer muitas opções lindas, para todos os estilos.

Principalmente para quem gosta de um design mais ousado, modelos de cerâmicas com estampas, mosaicos e desenhos — como as linhas Decora Design e Cimento, da Pointer — criam uma atmosfera ímpar para a cozinha.

Reprodução de materiais clássicos, por outro lado, são perfeitos para quem não abre mão de uma cozinha neutra, leve e, ao mesmo tempo, muito bela e sofisticada — como os modelos da linha Clássica da Pointer, que reproduzem mármore.

Para quem gosta de um estilo de decoração clean, a linha Metropolitan oferece revestimentos que reproduzem cimento queimado e oferecem uma proposta minimalista para uma cozinha urbana e moderna.

Já os fãs de estilos mais tradicionais da arquitetura brasileira adorarão a linha Raízes, que apresenta um olhar novo sobre momentos e estilos marcantes da decoração nacional. O modelo Neo Barroco (nas cores Branco, Azul e Terra) é uma excelente pedida!

6. Considere o estilo do ambiente

revestimento ideal para sua cozinha

Cozinha contemporânea com um toque de rusticidade. A parede revestida com Industrial Brick Mud e o piso revestido de Urbana Branco deixam o ambiente agradável e atrativo

Estabelecer um conceito de decoração é fundamental para favorecer a identidade e a unidade visual do seu projeto. E com a cozinha não poderia ser diferente. Ainda que a gente nem se dê conta, qualquer projeto de design de interiores segue uma temática previamente definida.

Revestimentos, mobiliário, eletrodomésticos e demais objetos decorativos devem seguir a mesma linha conceitual para garantir esse efeito. Além disso, todos os elementos devem estar relacionados ao conceito que predomina no restante do lar.

Em termos práticos, isso quer dizer que basta você pensar no estilo de decoração que prevalece na sua casa — clássico, minimalista, rústico, moderno, arrojado etc. — e escolher revestimentos que complementem a temática predominante. Assim, você evita criar uma composição desarmônica ou pesar os ambientes com excesso de informação.

7. Leve em conta o acabamento do revestimento

Por ser um ambiente molhado, é importante ter atenção ao acabamento das peças ao escolher um revestimento para cozinha. Isso se faz necessário porque o acabamento pode deixar o piso escorregadio quando em contato com a água e umidade.

Portanto, recomendamos a escolha de revestimentos cerâmicos com acabamento mate, que são pouco escorregadios. No entanto, cozinhas mais sociais, em que se cozinha menos e são usadas para festas ou eventos sociais, é possível investir em peças brilhantes ou polidas.

Já em cozinhas externas ou com uso muito frequente, o ideal é investir em peças com acabamento EXT, que são ainda menos escorregadias e perfeitas para lidar com a água. No entanto, vale lembrar que esses cuidados são apenas para o piso do ambiente, já que o acabamento é indiferente na funcionalidade das paredes.

8. Considere a qualidade do revestimento

revestimento ideal para sua cozinha

Cozinha com estilo rústico e charme de fazenda. A parede revestida com Tom Bordado Azul, da linha Decora Design, deixa o ambiente lindo e decorado. Além disso, o piso revestido de Summer Nude harmoniza perfeitamente com o estilo do espaço

O revestimento que você escolherá para a sua cozinha deve ser de qualidade. Depois de definir o material que você usará no revestimento do espaço, você terá de escolher entre diversos fornecedores que trabalham com esse produto em específico.

Algumas empresas são especializadas e, por isso, desenvolvem peças de maior qualidade. Por trabalharem com um material específico (por exemplo, cerâmica), elas têm o know-how para criar peças mais duradouras, mais resistentes e mais bonitas. Portanto, produzem revestimentos com custo-benefício melhor.

Por isso, antes de escolher o fornecedor do revestimento para a cozinha da sua casa, procure saber como é o processo de fabricação dessas peças, se a empresa é especializada e reconhecida como autoridade no assunto. Dessa maneira, você garante que receberá o melhor produto para a sua reforma.

Agora que você já conheceu as principais dicas sobre revestimento para cozinha, chegou a melhor parte: escolher seus modelos preferidos. Aproveite e utilize o nosso simulador de ambientes para testar as opções de que você mais gosta!

#VivaSuaCasa #DesignDemocrático #DicaPointer #Decoração #MaisDesignEmSuaVida