Blog Pointer Revestimentos Cerâmicos
Main Navigation
Search Button
Site Pointer
Close Menu
revestimento ideal para a sua cozinha

6 dicas para escolher o revestimento ideal para a sua cozinha

Revestimentos
Autor: Pointer - Data:

Como muitos costumam dizer, a cozinha é o coração da casa. Assim, pensar com carinho sobre o revestimento ideal para a cozinha é uma tarefa divertida e necessária antes de construir ou reformar. 

Muito mais do que apenas um local para a preparação das refeições, este espaço costuma reunir os moradores no dia a dia em momentos descontraídos, assim como se transforma no “cantinho” preferido para juntar os amigos em festas e reuniões.

Normalmente, a cozinha recebe revestimento cerâmico tanto no piso quanto na parede. Além dos benefícios estéticos, essa decisão tem importância funcional, deixando o dia a dia mais prático. 

Para facilitar a escolha, sempre é bom contar com ajuda. Para isso, iremos te explicar por que a cerâmica é o revestimento ideal para a cozinha, além de 6 dicas valiosas para te ajudar no momento da compra. 

Por que a cozinha precisa de revestimento cerâmico?

revestimento ideal para a cozinha - cozinha com reprodução de madeira Ibérica Natural e o estampado Blossom Beach na parede
Cozinha com muita personalidade e estilo com a reprodução de madeira Ibérica Natural e o estampado Blossom Beach na parede

A cozinha é um ambiente molhado, onde a água do preparo dos alimentos e da lavagem da louça entra em contato direto com as superfícies. Isso sem falar nos resquícios de gordura ou alimentos, após o preparo das refeições. Além disso, convenhamos, é muito bom poder limpar o piso com água e sabão de forma fácil e prática, para garantir um ambiente higiênico.

Devido a esses fatores, é preciso revestir a cozinha com materiais impermeáveis, pouco porosos e resistentes. Quanto mais superfícies “blindadas”, mais protegido estará o ambiente.

Entre os profissionais de arquitetura, é unanimidade a recomendação técnica dos revestimentos cerâmicos para essa área da casa, podendo ser colocados em todo o ambiente ou apenas nas regiões mais críticas, como atrás do fogão e da bancada da pia. Já no piso, a regra é clara: sempre coloque revestimentos cerâmicos.

A seguir, listamos as grandes vantagens desse material:

Durabilidade

Desde que você compre um revestimento cerâmico de boa qualidade e conte com mão de obra especializada na instalação, a vida útil será muito longa. Para ter uma ideia, o produto chega a durar de 25 a 50 anos nos pisos e mais de 50 anos nas paredes — tudo isso sem rachar, desbotar ou manchar.

Variedade de modelos

revestimento ideal para a cozinha - cozinha com bancada e revestimento cerâmico Magic Platinum na parede
A ilusão de ótica sutil do Magic Platinum na parede faz toda a diferença na decoração desta cozinha

A cerâmica se destaca no mercado pela sua ampla variedade de modelos. São diferentes cores, estampas e, até mesmo, reproduções de outros materiais, como madeira, mármore, pedras e cimento. Só para mencionar dois exemplos da coleção da Pointer, a Match!: Magic Platinum e Ancestral White, da linha Decora Design.

A primeira comprova que o revestimento branco não precisa ser sem graça. Com relevo, promove de forma sutil e elegante uma ilusão de ótica. Já a segunda opção é inspirada na tradicional azulejaria artesanal de Pernambuco.

São apenas dois exemplos para dizer que cerâmica não precisa ser lisa – pode assumir com perfeição texturas e imagens, além de muitas outras opções.

Facilidade na instalação

cozinha com bancada e na parede o revestimento cerâmico Ancestral White
Ancestral White na parede desta cozinha foi inspirado na azulejaria de Pernambuco

A cerâmica tem um dos processos de assentamento mais simples e fáceis dentre os diferentes tipos de revestimentos disponíveis no mercado. O material não exige preparação anterior, não precisa ser molhado ou algo do tipo. Além disso, cortar as peças é simples e rápido, caso a medida do espaço exija alguns ajustes.

O ideal é contratar um profissional especializado e experiente para assentar as cerâmicas na sua cozinha. Isso garantirá que as peças fiquem bem finalizadas e que você não terá problemas causados por algum erro de aplicação.

Preço acessível

O preço dos materiais de construção usados em uma obra ou reforma é muito importante. Nesse sentido, a cerâmica se destaca no mercado pelo excelente custo-benefício. Considerando sua boa qualidade e durabilidade, além de um preço muito acessível e mais em conta do que outros materiais, esse revestimento é a primeira opção de quem valoriza cada real investido na obra.

Isolamento térmico

Você sabia que a cerâmica é um tipo de piso frio? Esse material se destaca pela excelente condução térmica. Na prática, isso significa que o revestimento não retém o calor do sol ou de outras fontes (como um forno do fogão) na superfície da sua peça.

O contato com a peça será sempre frio, já que a cerâmica conduz o calor que recebe para fora da sua superfície. Isso é excelente para quem mora em lugares quentes, como o Brasil — especialmente durante o verão, pois ajuda a aliviar a alta temperatura.

Sustentabilidade

Outro ponto forte das cerâmicas: são ecologicamente sustentáveis. A fabricação se dá por meio da extração da argila, seguida do processamento fabril de alta tecnologia. Enquanto as jazidas de mármore, por exemplo, ficam completamente devastadas após a extração, as de argila são recuperadas e reflorestadas, o que garante o caráter sustentável dos revestimentos cerâmicos.

Dicas para a escolha do revestimento ideal para a cozinha

Agora que você já sabe que a cerâmica é o revestimento ideal para a cozinha, acompanhe as dicas que separamos para te ajudar na sua escolha!

1 – Leve em conta o acabamento do revestimento

cozinha com revestimento cerâmico no piso e parede
O cimentício Zeppelin Navy utilizado no piso tem acabamento mate, nesta cozinha que conta ainda com o estiloso Blossom Violet

Por ser um ambiente molhado, é importante ter atenção especial com o acabamento do piso da cozinha, para evitar produtos com a superfície escorregadia quando em contato com a água e a umidade. Vale lembrar que esses cuidados são apenas para o produto utilizado no piso, já que o acabamento é indiferente para as paredes.

Assim, para o piso, recomendamos a escolha de revestimentos cerâmicos com acabamento mate, ideais para ambientes internos molhados. Uma exceção, porém, são cozinhas mais sociais, onde as pessoas passam menos tempo diante do fogão. Neste caso, é possível investir em cerâmicas brilhantes ou polidas, se preferir. Já em cozinhas externas, o acabamento EXT se faz necessário, pois é mais resistente às variações climáticas. 

2 – Aproveite a facilidade de limpeza

espaço gourmet
A cozinha fica mais fácil de limpar com revestimento cerâmico. Na imagem, Ilhéus Canela no piso traz um clima rústico ao ambiente elegante

Caso ainda esteja em dúvida, é importante saber que um dos pontos fortes das cerâmicas está na facilidade de limpeza. Essa qualidade é muito importante para um ambiente onde às vezes alguns pingos de gordura aparecem.

Em geral, basta utilizar água, detergente neutro e um pano úmido para deixar a cozinha em ordem após um contratempo. Vale ainda destacar a manutenção simples, já que a superfície sem porosidade do produto evita o acúmulo de poeira, bactérias e demais detritos.

3 – Considere o tamanho da cozinha

parte da cozinha com uma cadeira e um cachorro dentro da bolsa
A reprodução de madeira Ibérica Design utilizada no piso tem veio marcantes e o grande formato de tábuas 15×90

As dimensões da cozinha causam impacto direto na escolha do material para revesti-la, principalmente na questão do orçamento. Em uma área pequena, talvez seja possível escolher um revestimento de metro quadrado mais elevado, pois será utilizado menos material. Já uma cozinha grande vai exigir muito revestimento, então é melhor escolher uma opção mais econômica.

De qualquer forma, vale rebater o mito de que cozinhas pequenas pedem por revestimentos menores e vice-versa. Sim, cozinhas grandes ficam maravilhosas com revestimentos de grandes dimensões. Porém, as pequenas também. O resultado em cozinhas de todos os tamanhos é mais uniforme, trazendo amplitude.

Imagine, por exemplo, uma cozinha pequena de 2,40m x 1,60m. Com área total de 3,84m², esse ambiente pode ter o piso revestido com apenas 6 peças de um Supercerâmico 80cm x 80cm. 

Por isso, só opte por revestimentos menores se desejar um efeito mais fragmentado, como pastilhas e azulejos de metrô.

4 – Combine os revestimentos da parede e do piso

armário azul e revestimento cerâmico Metropolitan Cinza na parede
Metropolitan Cinza no piso é o elemento neutro nesta cozinha com Cardume Azul na parede

Não necessariamente eles precisam ser iguais, até para não correr o risco de deixar o ambiente monótono. Mas, sem dúvidas, os revestimentos escolhidos para o piso e para a parede devem dialogar entre si, criando uma atmosfera harmoniosa para a sua cozinha.

Não basta se preocupar apenas com a funcionalidade do ambiente, pois a estética também é essencial para que sua cozinha seja um local aconchegante, confortável e esteja em harmonia com o estilo de decoração predominante em toda a casa. A Pointer possui linhas que conseguem se comunicar com maestria, combinando diferentes produtos para atender a todos os gostos e estilos.

cozinha com bancada e revestimento cerâmico Ibérica Platina no piso e Grid Navy na parede
Cozinha com Ibérica Platina no piso e Grid Navy na parede

Para o piso, as escolhas normalmente são mais neutras, mas com estilo, enquanto os revestimentos para as paredes seguem um estilo mais decorativo. Por exemplo: a reprodução de madeira Ibérica Platina decora o piso desta cozinha, que conta ainda com Grid Navy na parede.

Apesar disso, não existem regras rígidas. O que importa mesmo é abusar da criatividade, deixando a sua marca no ambiente. Para encontrar a opção que mais agrada, use o nosso simulador de ambientes digital para os testes.

5 – Solte a criatividade na escolha das cores, texturas e padrões

espaço de sala de jantar integrada a cozinha
Cozinha criativa com o estampado Vintage combinando com o Clássico Cru como elemento neutro no piso

Sobretudo se você escolher o revestimento cerâmico para sua cozinha, a versatilidade desse material facilitará (e muito) as combinações. A Pointer investe em design para oferecer lindas opções, para todos os estilos. Principalmente para quem gosta de um design mais ousado, modelos de cerâmicas com estampas, mosaicos e desenhos — como as linhas Decora Design e Cimento — criam uma atmosfera ímpar para a cozinha.

A reprodução de materiais clássicos, por outro lado, são perfeitos para quem não abre mão de uma cozinha neutra, leve e, ao mesmo tempo, muito bela e sofisticada — como os modelos da linha Clássica, que reproduzem mármore. Para quem gosta de um estilo de decoração clean, a linha Metropolitan oferece revestimentos que reproduzem cimento queimado e oferecem uma proposta minimalista para uma cozinha urbana e moderna.

6 – Considere a qualidade do revestimento

área de alimentação
Artesanal Mescla na parede traz um charme especial para esta cozinha com Cimento Cinza no piso

O revestimento que você colocará na cozinha deve ser de qualidade. Após definir o material, será necessário escolher entre diversos fornecedores que trabalham com esse produto em específico.

Algumas empresas são especializadas e desenvolvem produtos com maior qualidade. Como trabalham com material específico (por exemplo, cerâmica), elas têm o know-how para criar peças mais duradouras, mais resistentes e mais bonitas. Portanto, produzem revestimentos com custo-benefício melhor.

Antes de escolher o fornecedor do revestimento para a cozinha da sua casa, procure saber como é o processo de fabricação dessas peças, se a empresa é especializada e reconhecida como autoridade no assunto. Dessa maneira, você garante que receberá o melhor produto para a sua reforma.

Agora que você já aprendeu as principais dicas sobre revestimento para cozinha, chegou a melhor parte: escolher seus modelos preferidos. Aproveite, conheça nossos produtos e veja quais os que mais combinam com seu gosto e bolso.